Uma mudança é...?

sábado, 2 de julho de 2011

Eu nunca havia me sentindo assim, me dei por conta quando tudo estava em chamas, não só os móveis , e sim tudo, incluíndo minha alma. Eu me encontrava num chão despedaçado de tanta raiva que só os cegos poderiam sentir a dor de minha carne . "Socorro!!!" , era isso que minha paz queria encontrar naquela solidão. Eu não queria mais sentir aquela sensação de perda em minha vida, eu simplesmente sabia que tudo havia mudado desde quando tudo aconteceu.
Eu costumava catar pedrinhas na beira da estrada , costumava guardá-las para arremessá-las para cima de telhados vizinhos, eu amava ouvir os estrálos delas ao quicárem nas telhas. Também amava ouvir o ruído que a chuva causava ao se misturar com a piçarra, um barulhinho gostoso , dava até para sentir um cheiro de "chão molhado" , era como os outros mais velhos falavam, enfim... Essas sensações logo seriam deixadas de lado quando o terror invadisse minha terra, e por fim , minha vida.